8.23.2007

Se você quer ação, esse é o filme

Transformers: O Filme (Transformers: The Movie, 2007)
Gênero: Aventura - Ação Duração: 144 min Origem: EUA Estúdio: DreamWorks - Paramount Pictures Direção: Michael Bay Roteiro: Roberto Orci, Alex Kurtzman
Michael Bay continua a mostrar o que sabe fazer como ninguem: Explodir coisas!
Lembro-me de que quando criança passava horas e horas na frente da TV assistindo os mais diversos desenhos animados. Cada um deles com seu estilo próprio, com sua historia e com seus personagens (alguns dos quais permanecem na minha memória até hoje).
No meio daquele emaranhado de desenhos e series de TV daquela época, estavam os TRANSFORMERS – Uma trupe de robôs que viram carros, ou se preferir, carros que viram robôs, que se digladiavam numa batalha sem fim. Como desde de pequeno gostei de carros, e sempre fui fã do Daileon, TRANSFORMERS conseguia juntar as duas coisas num unico lugar.[Para aqueles que não tiveram infância, Daileon era o robô do “Jaspion”].
Com o avanço da tecnologia aliado ao cinema, muitos dos super-heróis dos quais assistia quando criança aos poucos iam ganhando vida na telona. Não demorou muito para eu começar a imaginar como seria ver a pacandaria entre aqueles robôs do desenho no cinema. Demorou, mas chegou. E o melhor. Valeu a pena esperar! TRANSFORMERS chega às telonas mostrando para que veio. Com a produção do mestre Spielberg e direção do Michael Bay (convenhamos que se alguém sabe explodir coisas, esse é o cara), TRANSFORMERS é um dos melhores filmes de ação que já assisti.

Em todos os aspectos possíveis os Transformers enchem os olhos do espectador, mesmo para aqueles que não são (ou que até então não eram) fãs dos robôs. As seqüências das transformações sejam no ar, na estrada ou na cidade estão ótimas. Melhor ainda são as trapalhadas dos Autobots ainda não acostumados com a vida em nosso planeta. [A cena do quintal em que eles fazem de tudo para não serem descobertos está imperdível!]

Achei bastante coerente a escolha por poucos robôs (em torno de dez, ao todo), [Para aqueles que assistiam ao desenho na TV assim como eu, lembram de que a turma era bem maior] pois em algumas cenas a pancadaria é tanta, que fica difícil saber quem é quem. Mas isso não compromete a película, pelo contrario, as cenas de combate são de tirar o fôlego. Líder Optimus continua mantendo suas características que o fazem ser um “grande” líder, em todos os sentidos. Bumblebee, mesmo não sendo mais um Fusquinha como na série original, continua sendo o personagem mais carismático. Já os Decepticons estão mais assustadores do que nunca.

O filme começa num ótimo ritmo, os personagens e a trama são apresentados sem pressa, deixando tudo claro para o começo da pancadaria (que convenhamos, é o que realmente interessa, e o que faz de TRANSFORMERS ser um dos melhores filmes de ação já vistos). As batalhas não decepcionam, os efeitos especiais estão incríveis (como durante todo o filme), ver os Decepticons detonando tudo e todos os que ousam se meter em seu caminho é bastante divertido. A seqüência final da a impressão de tomar metade do filme, e embora o filme tenha a duração de 2:20 horas, ele parece ser bem mais longo, mas isso não é ruim, acreditem.
AVALIAÇÃO: 10/10

4 comentários:

Rapha disse...

Realmente, um excelente filme. Não sou muito fã de filmes de ação, mas este foi perfeito e me deixou vidrado o tempo todo, nem mesmo o frio do cinema tirou minha atenção (e que frio hein, Lio). É o tipo do filme que não vale a pena esperar sair em Dvd, tem de ser assistido no cinema, com todo barulho e a telona, claro. No Dvd só para acompanhar os detalhes.
É isso ae!
Bjunda

renatinha preza disse...

Adoreiii a resenha.. Me deu muita vontade de ver! (olhe que eu não gosto desse estilo). Você está fazendo um bom trabalho Leo!

beijossssssssssssssssssssss

º° Bibian °º disse...

Poxa, vou discordar de vocês... na verdade, acredito que, por não gostar de ação, ainda mais americano, não gostei de Transformers. Pois é, assisti os primeiros 20min do longa e, cansei. Não gostei do enredo, e também não tive paciência pra continuar assistindo. Acho mesmo que estou ficando velha, e, preferia os carrinhos de quando eu era criança!

Mas seu texto está ótimo, acredite ;)

Stabolito disse...

Michael Bay é altamente explosivo, TNT puro. Acredito q, como vc disse, Transformers deve ser uma bomba relógio extrema.
Ñ assisti, ñ tive mto saco na época, mas darei uma revisada no DVD assim q ele chegar.
Vai ser um "boom" colossal na minha casa!